A #FraseDoBem de hoje nos remete à resiliência, que consiste em nossa capacidade de superar obstáculos e avançar cada vez mais fortes. Até mesmo nossas derrotas e fracassos nos ensinam, bastando que nosso olhar esteja preparado para ver as sutis mensagens que a vida nos dá a cada adversidade.

O provérbio japonês “Nanakorobi Yaoki”, que pode ser traduzido como “se eu cair 7 vezes, 8 vezes eu me levanto”, nos mostra de forma tão simples quanto sábia, a importância de perseverar e de se sobrepor aos infortúnios.

Fácil? Claro que não. Na maioria das vezes, quando sofremos alguma derrota ou nossa vida passa por algum revés, é inevitável nos sentirmos abatidos, frustrados, decepcionados e mais um turbilhão de sentimentos ruins. Logo na sequência de uma adversidade, dê a si mesmo um tempo para assimilar o que aconteceu, sem ficar se culpando, tampouco se vitimando. Espere, como se diz por aí “a poeira baixar”. Na sequência, organize seus pensamentos de forma serena e sensata, sem ficar se justificando ou transferindo a outrem quaisquer culpas.

Caso tenha feito algo errado, assuma seus atos e se esforce para não repeti-los. Como falei no começo desse texto, a vida nos dá sutis mensagens a cada adversidade. Se o que você faz ou pensa te leva constantemente ao fracasso, é hora de mudar sua forma de pensar: simples assim. Embora possa parecer óbvio, pouca gente realmente faz isso, preferindo se justificar e transferindo para fatores externos as razões do fracasso. Talvez, a pior das mentiras, é quando mentimos para nós mesmos, tentando nos convencer de que estávamos certos, mesmo quando estávamos errados.

Se você fez tudo certo e mesmo assim fracassou, não caia na cilada de pensar que é “azarado” ou que nada dá certo para você. Isso vai te conduzir para uma espiral descendente que só vai afundar a sua vida. O Universo não conspira contra você nem contra ninguém. Logo, se você acha que não tem “sorte”, talvez seja porque seus anseios e projetos (de vida ou profissionais) estejam envolvendo uma dose muito grande de risco, sem que você esteja preparado para lidar com esses riscos, caso algo não corra como o planejado.

Vou ficando por aqui, pessoal! Espero que tenham gostado de mais essa reflexão e, se gostaram, ajudem o B.E. a ficar mais forte, compartilhando nosso conteúdo pelas redes sociais 😉 .

» Participe com seus comentários ou sugerindo temas para futuras reflexões (basta rolar a página que o campo de comentários está logo alí embaixo).
» E não deixe de seguir o BemEssencial no Facebook e no Instagram (em breve no Youtube)!

Abraço a todos

DEIXE UMA RESPOSTA

Publique seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui